Figura ilustrando a criação e estratégias para a criação de landing pages.

Landing Pages: Como Criar e Otimizar para Melhor Conversão

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

 Aterrissar em uma página que converte visitantes em clientes é uma arte finamente calibrada, uma ciência de precisão e criatividade que chamamos de landing page. Enquanto websites buscam engajar audiências com uma variedade de conteúdos, uma landing page tem o foco aguçado como uma lâmina, concentrada exclusivamente em provocar a ação do visitante, seja ela o preenchimento de um formulário ou a realização de uma compra.

Arsenal de Marketing Digital

Esta diferença fundamental as transforma em ferramentas poderosas no arsenal de marketing digital. À medida que exploramos as distintas landing pages – sejam elas para captura de leads, squeeze, eventos ou vendas –, compreendemos que cada tipo exige uma abordagem específica, harmonizando linguagem atrativa, design com contrastes de cores, provas sociais e, acima de tudo, uma experiência sem distrações que pavimente o caminho para a conversão.

Nosso objetivo, neste artigo, é desvendar os segredos de como criar landing pages que não apenas capturam a atenção, mas que selam o compromisso do visitante. Abordaremos os elementos essenciais de um website eficaz, mergulhando nas técnicas de SEO que asseguram o tráfego qualificado para suas páginas, e detalharemos estratégias de testes A/B, fundamentais para otimizar a jornada do usuário até a conversão. A integração com ferramentas de email marketing e a análise de resultados também serão temas dissecados, fornecendo uma visão abrangente do ecossistema de landing pages. E, por fim, compartilharemos nossa expertise sobre as melhores ferramentas e plataformas para criar e otimizar suas landing pages, garantindo uma presença online que traduza visitas em resultados palpáveis.

Diferenças entre Website e Landing Page

Entender a distinção entre um website completo e uma landing page é crucial para otimizar nossas estratégias de marketing digital. Vamos mergulhar nessas diferenças:

  1. Propósito e Estrutura:
    • Um website é uma coleção de páginas web interconectadas sob um único domínio, que fornece informações detalhadas sobre uma empresa, seus produtos, serviços e outros aspectos relacionados. Ele serve ao propósito de descrever e explicar a organização, apoiando a experiência do usuário e atuando como uma fonte de informação para os motores de busca.
    • Em contraste, uma landing page é projetada com um objetivo singular: apresentar uma oferta e encorajar os visitantes a tomar uma ação específica, como reivindicar um cupom, baixar um e-book ou se inscrever para um teste gratuito. Seu foco principal é gerar vendas ou capturar leads, sendo uma ferramenta de geração de leads que apresenta uma oferta de valor ao usuário com o objetivo de convencê-lo a se inscrever no formulário.
  2. Uso e Objetivos:
    • Websites são primariamente utilizados para branding, apresentando a empresa para prospects e fornecendo informações. Eles são úteis para SEO, campanhas de email marketing e branding.
    • Landing pages, por outro lado, são usadas para campanhas orientadas ao desempenho com o objetivo de retorno imediato sobre o investimento. Elas são ideais para gerar leads, instalar aplicativos, coletar leads para nutrição, páginas de chatbot e vendas diretas.
  3. Foco e Metodologia:
    • A homepage, parte de um website, é dedicada à navegação e visa aumentar o reconhecimento e a credibilidade de uma marca, direcionando o público para uma ação em outro canal.
    • Uma landing page é exclusivamente destinada à ação, focando em otimizar as conversões para a empresa. Além disso, as landing pages facilitam a adoção do método científico permitindo testes A/B mais ágeis.
    • A principal diferença entre homepages e landing pages é o foco: homepages visam aumentar a visibilidade e credibilidade, enquanto landing pages focam em aumentar as conversões.

      Ao compreender essas diferenças fundamentais, podemos criar landing pages que se alinham com nossos objetivos de marketing digital, seja para estabelecer a marca ou para impulsionar ações específicas que resultem em conversões.

Elementos Essenciais de um Website Eficaz

Ao planejar a criação de um website eficaz, devemos considerar uma série de elementos que são fundamentais para o sucesso da presença online de qualquer negócio. Esses elementos são a base para garantir que o site não apenas pareça profissional, mas também funcione de maneira eficiente e segura, proporcionando uma experiência agradável para o usuário. Vamos explorar esses componentes essenciais:

  • Domínio e Hospedagem:
    • Escolha de um domínio claro e memorável, que tenha relevância direta com o conteúdo ou a marca do site, é o primeiro passo para estabelecer uma identidade online forte.
    • Investir em uma hospedagem de alta qualidade é essencial para garantir a disponibilidade e o desempenho do site na internet, influenciando diretamente na experiência do usuário e na percepção de profissionalismo.
  • Design e Usabilidade:
    • Um layout bem projetado, que inclua esquemas de cores, tipografia e imagens, contribui para uma experiência de usuário atraente e intuitiva.
    • Para que o site seja eficaz, é fundamental que o mesmo possua um menu de navegação claro e intuitivo, melhorando a experiência e o engajamento do usuário.
  • Conteúdo e Funcionalidades:
    • O coração de um site eficaz está no conteúdo relevante, informativo e envolvente, que deve ser direcionado para o público-alvo e alinhado com os objetivos do site.
    • Funcionalidades interativas, como formulários de contato, opções de busca, comentários e sistemas de e-commerce, devem ser personalizados de acordo com o propósito do site.
  • Desempenho e Responsividade:
    • A velocidade de carregamento é crítica para a satisfação do usuário e o ranking em motores de busca, sendo alcançada através da otimização de imagens e minimização do código.
    • Um design responsivo e amigável para dispositivos móveis é essencial para garantir uma experiência positiva em diferentes dispositivos.
  • Segurança e SEO:
    • Websites seguros protegem contra ameaças online, o que envolve a instalação de certificados SSL, atualizações regulares e outras medidas de segurança.
    • As práticas de SEO são cruciais para aumentar a visibilidade de um site nos motores de busca, o que é alcançado através da seleção de palavras-chave, otimização de conteúdo e criação de links.
  • Informações de Contato e Atualizações:
    • Disponibilizar informações de contato, como número de telefone, endereço de e-mail, formulário de contato e links para redes sociais, constrói confiança e incentiva o engajamento do usuário.
    • Blogs atualizados regularmente com conteúdo relevante e valioso melhoram o tráfego do site e otimizam a SEO.

      Ao implementar esses elementos, estamos não apenas criando um site que se destaca pela qualidade, mas também otimizando nossa presença online para atingir os objetivos de marketing e negócios. Cada aspecto, desde a escolha do domínio até a integração com as redes sociais, desempenha um papel vital na construção de um site que não só atrai, mas também retém usuários, convertendo-os em clientes leais.

Como Criar Landing Pages que Convertem

Ao nos aprofundarmos na criação de landing pages que efetivamente convertem, é essencial observar exemplos de sucesso que demonstram taxas de conversão impressionantes. Estudos de caso como o da Algodão Cru, com uma taxa de conversão de 31%, e da Silhouette, atingindo o patamar de 96%, oferecem insights valiosos sobre o que torna uma landing page eficaz.amos desdobrar esses insights em práticas aplicáveis:

  1. Clareza na Proposta de Valor:
    • A mensagem central da sua landing page deve ser clara e direta, comunicando o valor da sua oferta de forma que ressoe imediatamente com o visitante. Isso significa destacar benefícios exclusivos e o que diferencia sua oferta da concorrência.
  2. Design Atraente e Funcional:
    • Um layout visualmente atraente, que alia estética com funcionalidade, é fundamental. Utilize cores e imagens que chamem a atenção para os elementos-chave, como formulários de conversão e chamadas para ação (CTAs).
  3. CTAs Eficazes:
    • As chamadas para ação devem ser convincentes e visíveis, incentivando o visitante a realizar a ação desejada. Frases como “Baixe Grátis” ou “Inscreva-se Agora” podem aumentar significativamente as taxas de conversão quando bem posicionadas e destacadas visualmente.

      Para alcançar o sucesso das landing pages mencionadas, é crucial aplicar as seguintes práticas:

  • Testes e Otimização:
    • A implementação de testes A/B é uma metodologia poderosa para otimizar landing pages. Teste diferentes versões de títulos, imagens e CTAs para entender o que mais impacta na conversão dos visitantes.
  • Foco no Público-Alvo:
    • Conhecer e compreender seu público-alvo permite que você personalize a experiência na landing page, aumentando a relevância e a probabilidade de conversão. Use linguagem e imagens que reflitam os interesses e necessidades do seu público.
  • Velocidade de Carregamento:
    • Uma landing page que carrega rapidamente é essencial para manter a atenção do visitante. A otimização de imagens e a minimização de códigos são práticas recomendadas para melhorar a velocidade de carregamento e, consequentemente, a experiência do usuário.

      Essas estratégias, quando implementadas corretamente, podem transformar suas landing pages em máquinas de conversão, alavancando resultados e maximizando o retorno sobre o investimento em marketing digital. A chave está em testar, otimizar e personalizar, sempre com o foco de entregar valor claro e imediato ao visitante. Com essas práticas, sua landing page pode estar entre os exemplos de sucesso, como os citados anteriormente, que alcançam taxas de conversão que variam de 31% a 96%, transformando visitantes em clientes valiosos para o seu negócio.

SEO para Websites e Landing Pages

Para assegurar que tanto websites quanto landing pages alcancem seu máximo potencial em termos de visibilidade online e taxas de conversão, é imprescindível dedicar atenção especial ao SEO. Aqui estão as etapas fundamentais para otimizar sua presença digital:

  1. Pesquisa de Palavras-Chave:
    • Utilize ferramentas como Google Keyword Planner, SEMrush ou Ahrefs para identificar palavras-chave relevantes e populares.
    • Analise o volume de pesquisa, a concorrência e a relevância para selecionar termos que atrairão o público-alvo certo para sua landing page ou website.
  2. SEO On-Page:
    • Otimize títulos, descrições meta, cabeçalhos, textos alternativos para imagens (alt text) e links internos. Isso ajuda os motores de busca a entenderem o conteúdo e contexto da sua página.
    • A qualidade do conteúdo é essencial: crie material original e envolvente, atualizando-o regularmente para manter a frescura do site. Implemente uma estratégia de linkagem interna para potencializar a relevância das suas páginas.
  3. SEO Técnico:
    • Concentre-se em otimizar a estrutura do site e a navegação, mapas do site XML, marcação de esquema, corrigindo links quebrados e melhorando páginas de erro 404.
    • Essas práticas não apenas melhoram a experiência do usuário, mas também facilitam que os motores de busca rastreiem e indexem seu site de maneira eficiente.
  4. SEO Off-Page:
    • Construa backlinks de alta qualidade provenientes de fontes confiáveis, promova o conteúdo em mídias sociais, invista em marketing de influência e gerencie a reputação online.
    • A promoção nas redes sociais e o marketing de influência são métodos eficazes para ampliar o alcance e a autoridade do seu domínio.
  5. SEO Local:
    • Otimize para palavras-chave e frases locais, crie e mantenha uma listagem no Google My Business e incentive avaliações de clientes no Google e outras plataformas.
    • Essas ações são especialmente importantes para negócios que dependem de tráfego local ou que têm uma presença física.
  6. Acompanhamento e Análise:
    • Monitore as classificações nos motores de busca, o tráfego orgânico e as conversões utilizando ferramentas como Google Analytics e Google Search Console.
    • Esses dados são vitais para entender o desempenho do seu SEO e realizar ajustes conforme necessário.

      Ao otimizar as landing pages para SEO, lembre-se de que o objetivo é torná-las mais atrativas para aparecerem nos resultados de busca, gerando leads mesmo após o término das campanhas pagas. Para isso, escolha as palavras-chave corretas, crie conteúdo relevante, construa links, otimize o conteúdo visual, use templates amigáveis para dispositivos móveis e garanta tempos de carregamento rápidos. Essas práticas, quando executadas corretamente, podem transformar suas landing pages em verdadeiras ferramentas de conversão, maximizando o retorno sobre o investimento em marketing digital.

Testes A/B nas Landing Pages

Ao mergulharmos no universo dos testes A/B, podemos identificar a importância dessa metodologia para a otimização das landing pages, que visa aprimorar as taxas de conversão e melhorar os resultados de marketing. Esses testes oferecem feedback real do mercado, baseado em dados e não em suposições, permitindo ajustes precisos em elementos da página que podem influenciar diretamente no comportamento do usuário. Eis como podemos estruturar e aplicar testes A/B de maneira eficaz:

  1. Definição do Elemento de Teste:
    • Decida qual elemento da sua landing page será testado, como títulos, botões de call-to-action ou imagens. É fundamental focar em apenas uma variável por vez para rastrear com clareza a causa e o efeito das mudanças.
  2. Configuração do Teste:
    • Para configurar um teste A/B na plataforma HubSpot, por exemplo, acesse seu conteúdo, edite a página e siga as instruções em Arquivo > Novo > Executar Teste A/B. Isso permite que você crie variantes da página para testar as alterações propostas.
  3. Análise dos Resultados:
    • Após a execução do teste, acesse o conteúdo na HubSpot, clique na aba Resultados e selecione o intervalo de datas e a frequência para análise dos dados coletados. Isso ajudará a determinar qual variante teve melhor desempenho.

      Elementos comuns para testar em testes A/B incluem:

  • Títulos
  • Botões de call-to-action
  • Imagens ou vídeos
  • Descrições
  • Tamanho e campos do formulário
  • Indicadores de confiabilidade

    Para mensurar os resultados dos testes A/B, é essencial dar tempo suficiente para coletar dados estatisticamente significativos e determinar a variação vencedora utilizando uma única métrica de sucesso. A implementação dos testes A/B varia de acordo com a ferramenta escolhida, algumas dividem a amostra igualmente entre as duas variações, enquanto outras determinam a variação vencedora com base em uma métrica de sucesso pré-definida.

  • Ao realizar testes A/B, é recomendado:

    • Testar apenas um elemento por vez para identificar com precisão qual mudança foi responsável pelos resultados observados.
    • Realizar testes A/B quando houver necessidade ou potencial para otimizar uma métrica chave, como acessos, taxas de abertura, cliques, geração de leads, entre outros.

A aplicação de testes A/B é uma prática valiosa no marketing de landing pages, possibilitando melhorias contínuas e aprimoramento da experiência do usuário. Ao adotar essa abordagem, as empresas podem garantir que suas landing pages estejam sempre otimizadas para conversão, refletindo as preferências e comportamentos do público-alvo.

Ferramentas e Plataformas de Desenvolvimento

Na busca pela criação de landing pages que geram altas taxas de conversão, nós, profissionais de marketing digital, contamos com uma gama de ferramentas e plataformas que facilitam esse processo. Aqui, destacamos algumas das mais relevantes:

  • Editores de Arrastar e Soltar e Templates Customizáveis:
    • Plataformas como Unbounce e Leadpages oferecem editores intuitivos de arrastar e soltar, permitindo que mesmo usuários sem conhecimentos avançados em design criem landing pages visualmente atraentes.
    • A disponibilidade de templates customizáveis é uma característica chave dessas ferramentas, possibilitando a rápida configuração de páginas alinhadas com a identidade visual da marca.
  • Ferramentas de Análise e Testes A/B:
    • O uso de análises e testes A/B é fundamental para entender o comportamento dos visitantes e otimizar a eficácia das landing pages. Ferramentas como Crazy Egg proporcionam visualizações claras das interações dos visitantes, o que informa decisões sobre o posicionamento e design das páginas.
    • Ferramentas brasileiras como Klickpages e LAHAR também oferecem capacidades de testes A/B, além de soluções de automação de marketing localizadas.
  • Geração de Conteúdo Assistida por IA e Engajamento Interativo:
    • Para aprimorar o conteúdo das landing pages, ferramentas de geração de conteúdo assistidas por IA, como ChatGPT e ContentBot.ai, podem ser grandes aliadas, ajudando a criar textos persuasivos e otimizados para SEO.
    • Além disso, a interatividade pode ser aumentada com o uso de ferramentas como Ion, e serviços de chat como Olark, que promovem um maior engajamento dos usuários na landing page.

      Ao integrar essas ferramentas ao processo de desenvolvimento, temos o poder de criar landing pages não apenas atraentes, mas que realmente convertem visitantes em leads e clientes. A escolha da ferramenta certa dependerá dos objetivos específicos de cada campanha e do público-alvo que desejamos atingir.

Integração com Ferramentas de Email Marketing

Integrar ferramentas de email marketing com landing pages é um passo estratégico que potencializa a conversão de leads em clientes. Ao sincronizar essas plataformas, podemos automatizar e personalizar a comunicação, segmentar leads com base em comportamento, e realizar testes A/B em campanhas de email. Vamos explorar como algumas ferramentas podem ser integradas para maximizar os resultados:

  • Mailchimp: Conhecida por sua versatilidade, o Mailchimp oferece recursos de criação de landing pages e se integra com facilidade a editores online para emails, landing pages e pop-ups. Com essa ferramenta, é possível enviar emails automatizados e personalizados aos leads capturados, aumentando as chances de conversão e vendas. A integração facilita o rastreamento de aberturas de emails, cliques e conversões, permitindo a otimização contínua das campanhas.
  • RD Station: Essencial para o marketing de automação, o RD Station viabiliza a criação de landing pages focadas na geração de leads para o marketing inbound. A integração com as campanhas de email marketing permite uma melhor análise de dados e uma experiência do usuário aprimorada, além de ser uma solução eficaz em termos de tempo e custo. A segmentação avançada possibilita o envio de conteúdo dinâmico e relevante, melhorando as taxas de engajamento e conversão.
  • Landingi: Especializada na criação de landing pages, a Landingi oferece integração não só com ferramentas de email marketing, mas também com sistemas de CRM. Essa abordagem integrada garante uma experiência de usuário consistente e coesa, desde o primeiro clique na landing page até o acompanhamento pós-conversão.

    Ao considerar a integração com ferramentas de email marketing, é importante levar em conta a compatibilidade, personalização, segmentação, conteúdo dinâmico, testes A/B e rastreamento. Ferramentas como MailChimp, Constant Contact, GetResponse, Drip, ConvertKit, AWeber, Keap, ActiveCampaign, MailerLite, SendInBlue e RD Station oferecem uma variedade de recursos e planos de preços, atendendo a diferentes necessidades empresariais. A escolha da ferramenta certa dependerá dos objetivos específicos de cada campanha e do público-alvo que se deseja alcançar.

    Dessa forma, a integração de landing pages com ferramentas de email marketing é um elemento crucial para o sucesso no marketing digital, possibilitando um aumento significativo nas conversões e vendas, ao mesmo tempo que proporciona uma experiência de usuário mais rica e uma análise de dados mais detalhada.

Análise de Resultados e Métricas Importantes

Ao aprofundarmos na análise de resultados e métricas importantes para landing pages, é imprescindível compreender que a Taxa de Conversão se destaca como a principal métrica para medir o sucesso dessas páginas. No entanto, existem outras métricas cruciais que fornecem insights valiosos sobre o desempenho e o comportamento do usuário:

  • Taxa de Rejeição (Bounce Rate): Indica a porcentagem de visitantes que saem da página sem interagir, sugerindo que a landing page pode não ser relevante ou atraente o suficiente.
  • Taxa de Saída (Exit Rate): Mostra em que ponto os usuários estão deixando o site, o que pode apontar para problemas específicos na jornada do usuário.
  • Taxa de Cliques (Click-Through Rate – CTR): Reflete a eficácia das chamadas para ação (CTAs), indicando quantos usuários clicaram em um link específico em comparação com o total de visualizações.
  • Custo por Lead: Mede o custo de cada lead adquirido, permitindo avaliar a eficiência do investimento em publicidade.
  • Tempo Médio na Página: Um tempo maior pode indicar que o conteúdo é envolvente e relevante, mantendo o interesse do visitante.

    Para monitorar essas métricas de maneira eficiente, ferramentas como o Google Analytics e o Facebook Ads Manager são essenciais, pois permitem acompanhar o desempenho das landing pages em tempo real.

    Ao definir objetivos específicos para cada conteúdo, como engajamento, compartilhamentos ou vendas, e alinhar todas as métricas com o objetivo final de gerar vendas e receita, estabelecemos uma base sólida para a análise. Seguindo as melhores práticas na análise de métricas, recomendamos:

  1. Começar Pequeno: Foque nas métricas mais relevantes para seus objetivos iniciais e expanda conforme necessário.
  2. Automatizar Relatórios: Configure relatórios automáticos para economizar tempo e garantir consistência na coleta de dados.
  3. Documentar Insights Relevantes: Registre as descobertas que podem influenciar futuras decisões de marketing.
  4. Segmentar Audiências: Divida seu público por comportamento e características para análises mais detalhadas.
  5. Testes Regulares: Realize testes contínuos para entender o que funciona e o que pode ser melhorado.
  6. Repetir Estratégias Bem-Sucedidas: Aplique o que funcionou em novos formatos e campanhas.

    Além disso, a análise dos canais de tráfego fornece insights sobre a origem do público, permitindo ajustes estratégicos em canais como pesquisa orgânica, tráfego direto, mídias sociais, email marketing, links de referência, pesquisa paga, anúncios em display e outras fontes não classificadas.

    Por fim, os testes A/B são ferramentas poderosas para comparar diferentes versões de uma landing page e determinar qual delas apresenta melhor desempenho. Ao analisar os resultados desses testes, obtemos informações valiosas que podem ser utilizadas para otimizar o site e melhorar o engajamento do usuário. A análise meticulosa desses testes é vital para o aprimoramento contínuo das estratégias de marketing digital.

Conclusão

Ao longo deste artigo, exploramos as nuances e estratégias eficazes para a criação e otimização de landing pages, que são fundamentais para o sucesso nas conversões digitais. Destacamos a importância de compreender as diferenças entre websites e landing pages, bem como os elementos-chave que contribuem para a eficácia dessas poderosas ferramentas de marketing digital. Em um mercado cada vez mais competitivo, a habilidade de atrair, envolver e converter visitantes em clientes tornou-se essencial, sendo refletida na otimização constante e na aplicação criteriosa dos princípios de SEO, design atraente, conteúdo relevante e interatividade eficaz.

A mensuração dos resultados e a aplicação de testes A/B emergiram como práticas indispensáveis na busca pela melhoria contínua das taxas de conversão. Enfatizamos também o papel das plataformas e ferramentas de desenvolvimento, análise e email marketing, que quando integradas, potencializam significativamente o alcance e a efetividade das campanhas. Encerramos reafirmando que, ao aliar táticas comprovadas, inovação tecnológica e um eu olhar criterioso sobre as métricas, podemos não apenas atender, mas superar as expectativas em termos de performance e resultados no universo das landing pages.

FAQs

Como posso otimizar a minha landing page para melhorar as taxas de conversão?

Para otimizar sua landing page e aumentar as taxas de conversão, é fundamental remover quaisquer links que possam desviar o visitante para outras páginas. O foco deve estar inteiramente na conversão, evitando distrações que possam comprometer o resultado.

Quais são os passos para otimizar uma landing page?

Para otimizar uma landing page, é crucial comunicar claramente a oferta e os benefícios que os visitantes receberão ao completar a ação desejada, como baixar um e-book ou se inscrever em uma newsletter.

Como posso criar uma landing page com altas taxas de conversão?

Para criar uma landing page com altas taxas de conversão, siga estas etapas: defina o objetivo da estratégia, crie um título atraente, redija um conteúdo objetivo, mantenha a identidade da sua marca, concentre-se em uma única ação, invista em um bom CTA (call-to-action) e garanta uma navegação responsiva.

Quais são as características de uma landing page perfeita?

Uma landing page perfeita deve focar em uma única ação do usuário, ter uma conexão forte com a origem do tráfego, ser do tamanho ideal, apresentar claramente a Proposição Única de Valor e mostrar efetivamente o produto ou serviço.

Como posso melhorar as taxas de conversão do meu e-commerce?

Para melhorar as taxas de conversão do seu e-commerce, estabeleça métricas claras, utilize um design responsivo, ofereça diversas formas de pagamento, facilite o cálculo do frete e defina metas de investimento para alcançar o retorno desejado.

Quais elementos são essenciais em uma landing page de alta conversão?

Uma landing page de alta conversão deve ter um cabeçalho atraente que seja persuasivo e forneça um resumo claro do que está sendo oferecido, mantendo a promessa do anúncio ou link que direcionou o visitante à página. Coerência e relevância são fundamentais.

Onde posso criar uma landing page gratuitamente?

Você pode criar landing pages gratuitamente em plataformas especializadas como Wix, Canva e UCraft, que oferecem diversos templates que podem ser personalizados facilmente para se alinhar à identidade visual da sua marca ou negócio.

Qual é a taxa de conversão média de uma landing page?

A taxa de conversão pode variar, mas é interessante notar que as landing pages mais próximas do fundo do funil tendem a ter taxas maiores. Por exemplo, uma landing page que oferece um software gratuito pode ter uma taxa de conversão média de 29%.

Quais são os elementos indispensáveis em uma landing page para cursos?

Para uma landing page de cursos, é essencial ter uma cópia bem elaborada, elementos visuais atraentes, depoimentos de alunos, uma comunicação eficaz com o público e um CTA convincente. Além disso, é importante estudar o público-alvo e utilizar práticas de SEO e um bom design.

 

 

Leia também

Leia Também:

Quer aumentar os leads qualificados?